A vantagem competitiva é um diferencial extremamente positivo para qualquer empresa, isso faz com que ela seja bem vista se comparada aos seus concorrentes.

Existem alguns diferenciais que podem trazer vantagens, como:

  • Oferecer os melhores preços do mercado.
  • Ter uma entrega diferenciada.
  • Oferecer um produto exclusivo e/ou diferenciado.
  • Entre outras.

 

No post de hoje trouxemos um pouco sobre o conceito da vantagem competitiva e algumas dicas que podem auxiliar a sua indústria a se destacar diante dos concorrentes.

 

Boa leitura! 🙂

 

 

O que é vantagem competitiva?

A globalização trouxe diversos benefícios para o mundo empresarial, disso não temos dúvidas!

Com ela vieram diversas oportunidades para explorar novos mercados, benefícios com as quedas das barreiras comerciais e fácil adaptação aos avanços tecnológicos.

Mas, a globalização também aumentou a concorrência entre as empresas, fazendo com que essas corressem para alcançar, manter ou melhorar a competitividade dos negócios.

Quando uma empresa é capaz de ser a opção mais relevante para o seu cliente, ela conseguiu gerar uma vantagem competitiva.

Assim sendo, podemos definir a competitividade como a capacidade que as empresas têm de se manterem na disputa de mercado diante dos concorrentes.

Para que a sua empresa consiga aumento de competitividade, a sua vantagem precisa:

Ser valiosa para o cliente: de nada adianta você ter uma vantagem em relação ao seu concorrente se o seu cliente não perceber ou não se importar.

Possuir uma barreira de entrada: a sua vantagem precisa ser difícil de ser copiada ou trocada por outra solução, só assim você conseguirá ser referência no mercado de atuação.

 

 

Fatores que trazem vantagem competitiva

 

Existem alguns fatores que são capazes de promover o aumento da competitividade de uma empresa, dentre eles podemos destacar:

 

1- Automatizar áreas e processos

Quando uma empresa faz investimentos em automação (máquinas, equipamentos e tecnologia), além de conseguir ganhos em produtividade, ela é capaz de criar valor agregado aos seus produtos / serviços. E é justamente isso que faz com que os clientes paguem um pouco mais caro.

Além disso, a automatização é capaz de oferecer outros benefícios, como aumento no controle das operações, levantar, monitorar e compartilhar informações, diminuir o risco de erros e melhoria nos resultados de forma geral.

2- Apostar na inovação

A busca constante por inovação faz com que as empresas potencializem suas vantagens competitivas. Isso acontece à medida que se desenvolve novos produtos / serviços ou aplicam melhorias no que já existe. Com isso, possibilitando alcançar novos segmentos e aumento da lucratividade da empresa.

Fique atento, muitas vezes ter um produto ou serviço mais inovador é o que faltava para sua empresa liderar o segmento de atuação.

 

3- Desenvolver mercados

Quando falamos em desenvolvimento de mercado, falamos em ampliar as vendas dos produtos existentes para outros mercados, que também podem ser externos. Para isso é necessário um planejamento, para entender se é viável ou não essa expansão. Isso envolve a análise de localização, perfil do público, aceitação, entre outros.

 

4- Otimizar processos

A otimização de processos é algo fundamental para a criação e aumento da vantagem competitiva de uma empresa. Através dela é possível identificar as falhas nos processos de trabalho, as possíveis causas e quais as melhores ações a serem tomadas.

A partir disso é possível eliminar ou minimizar desperdícios (de materiais, tempo, mão de obra, equipamentos, entre outros), o risco de erros e possíveis retrabalhos, e a falta de informações durante os processos produtivos, além de outras questões que podem impactar a eficiência operacional.

Outro ponto que está ligado ao aumento da competitividade é poder oferecer preços atraentes para os clientes, e isso tem relação direta com a redução de custos.

Com a redução dos gastos é possível melhorar o valor final do produto / serviço, além de melhorar a lucratividade da empresa (outro fator que também torna a empresa mais competitiva).

E tudo isso é possível com a otimização de processos.

Você pode se interessar por esse assunto: “Como identificar os problemas de ineficiência na indústria”.

 

5- Fazer benchmarking

O benchmarking é um estudo dos concorrentes, com isso é analisado quais são as melhores práticas aplicadas no mercado. Ou seja, você identifica os processos que dão certo dos seus concorrentes e analisa a viabilidade de adequá-los ao seu negócio.

Assim sendo, o objetivo do benchmarking é conseguir aprimorar os processos, usando as boas práticas do mercado.

A vantagem competitiva de uma empresa é o que a mantém sempre motivada a continuar melhorando e a estar à frente de seus concorrentes. A inovação, otimização de processos, automação de áreas e processos, são apenas alguns dos fatores que influenciam no aumento da competitividade de uma empresa.

 

 

Soluções que podem te ajudar a sua empresa

 

Para algumas empresas, como as do setor industrial, existem alguns fatores específicos que podem ajudar no aumento da competitividade. Dentre as principais, podemos citar:

 

Robótica

Hartness Robô

O objetivo dos investimentos em robótica é obter ganhos em produtividade, que trazem diversos benefícios como maior capacidade em atender altas demandas, eficiência nos processos e como consequência, sucessos nos negócios.

Com a chegada da Indústria 4.0 ou a chamada 4ª Revolução Industrial, vieram junto novas tecnologias e possibilidades que permitem o desenvolvimento do setor, com isso é possível desenvolver estratégias diferenciadas e que são capazes de entender e atender as necessidades de cada cliente.

Nesse cenário, investir em robôs e novas máquinas é uma forma de aumentar a produtividade para atender melhor o mercado, investir em modernização e aumentar o ganho em eficiência operacional.

 

Veja no vídeo abaixo uma aplicação prática da robótica!

 

Controlador industrial

O controlador industrial é desenvolvido para que as empresas possam controlar as máquinas e equipamentos que são utilizados no processo produtivo. Essa é uma solução que está alinhada com a automação da indústria e os investimentos em robótica.

Apesar das melhorias e vantagens oferecidas, é preciso levantar algumas questões importantes:

  • É preciso investir em modernização dos ativos, afinal, adotar um sistema de controle em máquinas que possuem mais de uma década de uso será mais difícil.
  • É importante contar com fornecedores confiáveis, pois oferecem o suporte necessário no momento da implementação das soluções acima. Com isso, é possível obter ajuda especializada para integrar as tecnologias dentro da realidade de cada empresa.

 

 

  • A mão de obra especializada é outro ativo crucial para os sucessos das operações, com isso, não esqueça dos investimentos em treinamentos. São esses especialistas os responsáveis por executar os processos e operar as máquinas.

 

Como podemos notar, a indústria tem diversos fatores que podem beneficiar as estratégias, com isso ajudando no aumento da vantagem competitiva e fortalecendo o negócio. Além disso, ajuda no aprimoramento das operações e possibilita a conquista de novos mercados de atuação.

 

Gostou deste conteúdo? Então continue acompanhando o nosso blog.

 

Até a próxima! 🙂